domingo, janeiro 22, 2006

"Destino" by Helio (um sabio desconhecido)


Estava eu a vaguear ao acaso por blogs alheios e tropeço numa das frases mais inteligentes que li nos últimos anos.

"Gosto muito de dizer que o pássaro de Minerva voa ao crepúsculo, que os amigos entram quando todos os outros saem e que o Destino é uma questão de necessidade, não de justiça no sentido popular do termo."

E assim, correndo o risco de vir a ser acusado, pelo autor, de "abuso de propriedade e deslocação das suas próprias palavras"...lol... partilho convosco isto que um tal Helio diz no seu blog.

2 comentários:

Heliocoptero disse...

Estás à vontade, Tiago, não te vou acusar de nada ;) É sempre bom saber que as nossas palavras foram de algum modo iluminadoras para alguém.

Tenho é que fazer uns reparos a respeito da autoria: a frase do pássaro de Minerva é parafraseada do Hegel, enquanto a dos amigos foi dita por uma falecida professora de filosofia a um amigo meu (que depois a transmitiu a mim no funeral dela). A do Destino, essa sim é inteiramente minha :p

Heliocoptero disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.