sábado, julho 01, 2006

Aquele Cheiro...


Hoje ao acordar senti aquele cheiro.
Aquele incolor mas aveludado... aquele que passa por debaixo do nariz, mansinho, em silêncio, mas deixando um rasto venenoso de perguntas sem resposta imediata.
...aquele que sentimos quando, mesmo sem ainda saber de onde, de quem ou porquê, algo nos avisa que qualquer coisa existe, como a formação de um exército, em tom de conspiração atrás de nós.

1 comentário:

Heliocoptero disse...

Que outra coisa se forma no horizonte ou que mais é que vem aí...?